Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


SÃO ROSAS MINHA GENTE

por avidarimar, em 12.04.15

Rosas brancas, amarelas,           

Vermelhas, rosas rosa,

Em quadro ou jardim, que belas,

São pra mim verso e prosa,

Pra ti palavras, pra elas,

Espadas do pensamento,

Em mãos cálidas, eu sustento.  

 

Rosas rosa, rosas brancas,

Amarelas e rosas vermelhas,

Em tuas mãos são alavancas

Da máquina do tempo que desfolhas,

Entre ideias e risos montas

Uso de emoções e razão,

Na palma da tua mão.

 

Amarelas e rosas rosa, 

Púrpuras e lilases,

Rosas verdes, bem formosas,

Para uns ideias, vozes,

Pra outros, sonhos que gozas,

De imaginar, bom de ver,

Na essência do teu ser.

 

Rosas, rosas de todas as cores,

De veludo, a gosto teu,

Sem mácula nem bolores,

De solidão não sofreu,

No jardim, outros amores,

Com elas outros sonhos,

Flores rosáceas, todos os tamanhos.

 

Rosa murcha vermelha,

Neste canto do cravo,

Esta realidade espelha,

De mel, vazio o favo,

Nesta manha já velha,

Duas galinhas pra um, sem rédea,

Dá uma galinha por média.

 

LUMAVITO

18/07/2013.

http://avidarimar.blogs.sapo.pt/

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:13



Pretendo abordar diversos temas da vida de um país, em claro desespero de sintonia entre governados e governantes. A forma pretende ser a poesia, com mais preocupação pelo conteúdo da mensagem que pela forma de estilo.

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D