Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


SÁBADO VAGABUNDO

por avidarimar, em 13.06.15

 

IMG_0023.JPG

 

150321 IMG_0369.JPG

150523 IMG_0027.JPG

 

É o trilho do elétrico amarelo

Que passa buliçoso

O cortinado da janela

Espreita a calçada

O vagabundo dorme

No banco de jardim

O cobertor é de plástico

E um cartão

 

Os gatos espreitam o cio

Capto o olhar do transeunte

Turista nórdico encalorado

Num mês que é mais frio

Santa Apolónia está calma

Os comboios descansam da viagem

Ancorados na almofada

 

A cidade ensonada

Escuta o deslizar do rio

Na manhã de sábado

Cinzento e preguiçoso

Há um ambiente soturno

A pairar

E porque não é dia de trabalho

Os cacilheiros já não correm

Deambulam

Respirando fundo

 

E porque não gostas do vento

Nem da chuva

Ficaste em casa

Dizes tu

No quentinho

O sábado é pra descansar

 

Eu vagueio

Sem rota nem relógio

deslizo nas ruas semi desertas

Banho-me

Na pacatez do silêncio

 

LUMAVITO

13/06/2015

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:21



Pretendo abordar diversos temas da vida de um país, em claro desespero de sintonia entre governados e governantes. A forma pretende ser a poesia, com mais preocupação pelo conteúdo da mensagem que pela forma de estilo.

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D