Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


PORQUIGUAL À FRENTE, EM RODA LIVRE

por avidarimar, em 25.10.15

E agora …

Vamos maquilhar o cadáver

Como se a morte sofrida

Ainda parecesse vida

Triste consolo parecendo altivo

Permanece mais morto que vivo

 

Fantasmas em debandada

Pensamentos moribundos

Ideais que não trilharam caminho

Dominador de tantos mundos

Caminha agora sozinho

 

No amontoado de sombras

Fermentam leveduras do poder

Irrompendo por entre a escuridão

Assistem ao esqueleto a arder

E as cinzas em erupção

 

Uma vez o voto subestimado

Interroga-se qualquer ser

Olhemos nós de qualquer lado

Por termos um cavaco a arder

Submerge um coelho chamuscado

 

LUMAVITO

20151025

CLV

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:48



Pretendo abordar diversos temas da vida de um país, em claro desespero de sintonia entre governados e governantes. A forma pretende ser a poesia, com mais preocupação pelo conteúdo da mensagem que pela forma de estilo.

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D