Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A NOITE DE ONTEM

por avidarimar, em 14.04.15

A noite de ontem

Foi passada à lareira

Olhares cruzados

Reacenderam

A outra fogueira

 

Como se estes corpos

Pela noite de ontem

Recuassem no tempo

Paixão a voar

Como nuvens ao vento

 

Como putos novos

Na ansia e ardor

A noite de ontem

Carregou de fulgor

 

Na noite de ontem

Ficámos os dois

A sala pra nós

E o resto do mundo

Ficou pra depois

 

Na noite de ontem

O frio era quente

O ar escaldava

E o espírito dormente

 

Da noite de ontem

Ao final da noite

Acordámos presos

Em singelo acoite

Ao final da noite

Da noite de ontem

As cinzas em monte

Sem que nada contem

 

LUMAVITO

02/03/2015

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04



Pretendo abordar diversos temas da vida de um país, em claro desespero de sintonia entre governados e governantes. A forma pretende ser a poesia, com mais preocupação pelo conteúdo da mensagem que pela forma de estilo.

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D